Emprega Gestão de Pessoas

Dicas De Comportamento No Trabalho

1- Seja honesto em qualquer situação.

2- Nunca faça algo que você não possa assumir em público.

3- Seja humilde, tolerante e flexível. Muitas idéias aparentemente absurdas podem ser a solução para um problema. Para descobrir isso, é preciso trabalhar em equipe, ouvindo as pessoas e avaliando a situação sem julgamentos precipitados ou baseados em suposições.

4- Ser ético significa, muitas vezes, perder dinheiro, status e benefícios.

5- Dê crédito a quem merece. Nem sonhe em aceitar elogios pelo trabalho de outra pessoa. Cedo ou tarde, será reconhecido o autor da idéia e você ficará com fama de mau-caráter.

6- Pontualidade vale ouro. Se você sempre se atrasar, será considerado indigno de confiança e pode perder boas oportunidades de negócio.

7- Evite criticar os colegas de trabalho ou culpar um subordinado pelas costas. Se tiver de corrigir ou repreender alguém, faça-o em particular, cara a cara.

8- Respeite a privacidade do vizinho. É proibido mexer na mesa, nos pertences e documentos de trabalho dos colegas e do chefe. Também devolva tudo o que pedir emprestado rapidamente e agradeça a gentileza com um bilhete.

9- Ofereça apoio aos colegas. Se souber que alguém está passando por dificuldades, espere que ele mencione o assunto e ouça-o com atenção.

10- Faça o que disse e prometeu. Quebrar promessas é imperdoável.

11- Aja de acordo com seus princípios e assuma suas decisões, mesmo que isso implique ficar contra a maioria.

12- O que fazer com os brindes e presentes? Muitas empresas têm normas próprias e estipulam um limite de valor para os brindes. Informe-se discretamente sobre isso e aja conforme a regra.

AO TELEFONE

13- Dê toda a atenção à pessoa que ligou. Nada de mascar chicletes, comer ou fazer qualquer tipo de barulho. “A pessoa do outro lado linha pode achar que você não está lhe dando a devida atenção”, diz a consultora Adriana Gomes, do Grupo Catho.

14- Jamais chame o cliente de querido, meu bem, benzinho.

15- Ao falar ao telefone, você é julgado pela dicção, capacidade de articular pensamentos e por tratar os outros com cortesia ou não. A voz deve ser alegre, clara, calorosa e em bom-tom – nem alta nem baixa demais.

16- Ao atender telefonemas alheios, anote o recado. Escreva o nome da pessoa que ligou, o número do telefone, o assunto e a hora. Com letra legível, é claro.

17- Evite, ao máximo, atender o telefone durante uma reunião – a não ser que a ligação seja extremamente importante. Isso também vale para celulares, que devem ser desligados antes do encontro começar.

18- Não faça ligações pessoais demoradas, principalmente se for namorar.

19- Nem pense em brigar com filhos ou outros parentes pelo telefone.

20- Retorne as ligações, mesmo que você não conheça quem deixou recado.

21- Se estiver ocupado, não tenha medo de interromper a conversa. Diga que não pode falar e que ligará em seguida. Não se esqueça de retornar a ligação.

22- Todos estão sujeitos a ter de atender a um telefonema com alguém ao lado. Quando for inevitável, procure fazer com discrição. Nada de gestos, caretas ou comentários tapando o bocal. Pega mal. Quem ouve a conversa deve, literalmente, ficar surdo e, depois, mudo.

23- Jamais deixe alguém esperando na linha. Melhor dizer que está ocupado e que retornará a ligação depois.

24- Se a linha cair, a responsabilidade de ligar novamente é de quem telefonou.

25- Ao deixar recado na secretária eletrônica, faça isso de modo claro e objetivo, dizendo o seu nome, o assunto, o seu número de telefone.

POR E-MAIL

26- O mais importante é nunca, mas nunca mesmo, escrever algo que possa constrangê-lo depois. “Evite intimidades e só escreva em um e-mail aquilo que você falaria pessoalmente para a pessoa”, ensina Adriana Gomes, vice-presidente do Grupo Catho.

27- Frases de rotina, que são populares no jargão comercial do momento, tornam-se cansativas quando empregadas em demasia. Tome cuidado para não abusar de sua utilização.

28- Verifique sempre a gramática e a ortografia do texto antes de enviá-lo. Nada pior do que um texto cheio de erros.

29- Seja breve, claro e objetivo. Hoje em dia, ninguém tem tempo para ler textos extensos demais ou ficar pensando em palavras fora de contexto.

30- Um e-mail, apesar de também ser um documento, não deve ser tão formal quanto uma carta.

31- Elogie quem merece. Todos, inclusive alguém do alto escalão, gosta de um “tapinha nas costas”.

32- Jogue fora todos aqueles e-mails que não servem para nada, como malas diretas, correntes e piadinhas infames. Só responda àqueles que realmente mereçam sua atenção.

33- Nada de mandar correntes, piadas – obscenas ou não – e pegadinhas por e-mail para quem não conhece.

CHEFES

34- Procure ter um perfil claro da forma de ser e trabalhar do chefe. Converse com quem já foi subordinado a ele. Essas informações ajudarão a guiar suas atitudes e reações.

35- Por mais que ele permita uma relação de proximidade, imponha (sutilmente, claro) limites. Quando surgirem problemas, tanto você quanto ele podem adotar um tom pessoal demais na discussão. O que pode ser um erro, já que a corda sempre cede do lado mais fraco. Ou seja, o seu.

36- Deixe claro quais são as suas funções, principalmente se elas incluírem obrigações pessoais e particulares. Sobretudo, no caso de secretárias e assistentes que são encarregados de controlar as contas do chefe, organizar agenda, comprar presentes para os familiares etc.

37- Caso tenham afinidades ou amigos em comum, não há mal algum em fazer comentários pessoais. Mas seja discreto e tome cuidado para não parecer inconveniente nem puxa-saco.

38- A relação de trabalho é mediada pela hierarquia. O subordinado amigo deve ao chefe a mesma deferência que os demais – e o chefe amigo precisa ser extremamente cuidadoso para não beneficiar o subordinado que lhe é próximo.

39- Se o chefe fizer a linha tirano, seja polido. Tentar uma intimidade forçada é uma humilhante perda de tempo.

40- Reconheça os erros, mas não exagere no arrependimento nem na culpa. A fala correta é: “não foi um erro intencional, isso não vai ocorrer de novo e vou remediar o acontecido”.

41- Jamais diga a palavra problema para se referir a uma situação desfavorável. Dá a impressão de que você não consegue controlar a situação.

BILHETE AZUL

42- Demissão de um colega: Só se manifeste quando ele puxar o assunto.

43- Diga o quanto lamenta e faça um comentário construtivo – “Você é um bom profissional, logo se recolocará”.

44- Seja solidário, mas não exagere para não criar um clima de motim na equipe.

45- No dia seguinte, telefone para dar uma força e oferecer ajuda.

46- Ao demitir: Tenha claro o motivo da demissão e os números da indenização para informar o funcionário.

47- Esteja preparado para responder a perguntas como: “se surgir nova chance, você me contratará?” ou “posso dar seu nome como referência?” Nesse caso, só negue se a empresa proibir ou se tiver problemas pessoais com o demitido.

48- Comunique logo cedo ao funcionário. Se ele ficar deprimido, fale dos benefícios e demonstre que a empresa irá ajudá-lo a se recolocar. Se ele ficar irritado, informe-o sobre os direitos e não discuta.

49- Faça-o assinar a carta de demissão antes de deixar a sala. É um instrumento legal, exigido pela lei. Diga a ele o que fazer ao sair dali: ir ao RH, voltar para casa ou ao trabalho. Além de quando ele deve limpar as gavetas.

50- Ao pedir demissão: Comunique sua decisão à chefia com antecedência.

51- Deixe claro que está saindo não por insatisfação (por mais que seja verdade), mas por desejar novos desafios.

52- Diga ao empregador e aos colegas o quanto foi bom trabalhar com eles e, se fizerem festa de despedida, escreva uma carta de agradecimento.

53- Jamais fale mal do antigo empregador. Você pode precisar dele no futuro.

54- Ao ser demitido: Receba a notícia com dignidade. Perder a cabeça com reações de pânico ou raiva não resolvem a situação. Procure saber o motivo da demissão. Se perceber a chance de reverter a situação (o que é raro), argumente. Senão, reflita sobre as razões de sua dispensa para melhorar seu desempenho no futuro.

55- Só negocie a prorrogação dos benefícios até sua recolocação se tiver argumentos justos. Se for o caso, peça que lhe seja pago um processo de recolocação.

56- Comente a demissão com, no máximo, um ou dois colegas íntimos. Cuidado com observações levianas, que podem atrapalhar uma indicação.

57- Recolha suas coisas o mais rápido possível e discretamente.

EM UMA REUNIÃO

58- Para a reunião começar mal, basta chegar atrasado. Além de irritar quem chegou na hora, sua imagem fica péssima.

59- Normalmente, o chefe se senta à cabeceira da mesa. O ideal é conseguir sentar ao lado dele. Assim, você dá a entender que conhece seu lugar, demonstra apoio e deixa claro que não o ameaça.

60- Ler e pesquisar sobre o assunto em pauta vai deixá-lo em vantagem sobre aqueles que não se prepararam. Além de poder participar da discussão, a chance de dar um fora diminui muito.

61- Entrar numa reunião mudo e sair calado não é a melhor estratégia para seu chefe notá-lo.

62- Fale sobre suas idéias e, quando achar que deve discordar, não se acanhe. Apenas faça isso sem causar constrangimento e sem ofender os colegas.

63- O chefe deve ser o primeiro e o último a falar. Ou seja, é ele que abre e fecha a reunião.

64- Se for encarregado de conduzir uma reunião, lembre-se de que um bom condutor é aquele que expõe suas opiniões de modo que todos entendam, sabe ouvir e mediar conflitos.

65- Ao fazer um comentário, apresentar uma idéia ou sugestão, seja claro e objetivo. Resuma ao máximo o que tem a dizer para não tornar a reunião longa e cansativa demais.

66- Olhe para os outros quando estiverem falando para mostrar interesse. Não baixe os olhos para a mesa.

67- Apresente suas idéias ao chefe como recomendação e não como ordens. Senão você pode comprometer a autoridade dele diante dos demais participantes. O chefe não vai gostar nada disso.

68- É importante manter a postura durante uma reunião. Evite ficar andando de um lado para outro na sala enquanto estiver expondo uma opinião ou uma apresentação. Os participantes vão achá-lo um exibicionista.

MALDADES E FOFOCAS

69- Afaste-se das fofocas e maledicências. Só o fato de prestar atenção nelas pode lhe dar a fama de fofoqueiro. E aquele que lhe conta a última, pode levar, também, um comentário péssimo sobre você.

70- Evite fazer profecias. As previsões podem não se realizar e as palavras se voltarão contra você.

71- Não seja inconveniente, aparecendo em outros setores da firma sem ligar antes só para fazer um tricô rápido.

72- Mantenha a voz baixa, especialmente quando precisar falar de assuntos de caráter confidencial.

73- Quando se referir a um executivo da empresa numa conversa com os colegas, use o nome completo dele para evitar mal-entendidos.

74- Caso possua uma grande amizade no ambiente de trabalho, seja discreto. Nunca comente na frente de outros colegas os programas que você e o amigo fizeram no final de semana, pois isso desperta ciúme e compromete a imparcialidade de qualquer decisão ou trabalho que você tenha ou faça em relação a seu amigo.

75- Deixe bem claro que é adepto do ditado “amigos, amigos: negócios à parte” e evite trabalhar em parceria com um grande amigo. Além de dar impressão de protecionismo, a relação pode comprometer o serviço e dificultar na hora de resolver os problemas.

76- Evite falar de sua vida pessoal com quem você não conhece o caráter.

77- Não comente com qualquer um os seus resultados positivos, prêmios e novos projetos que lhe foram confiados.

78- Caso trabalhe com alguém de quem não gosta, troque cumprimentos, mantenha distância e não comente a antipatia que sente. Isso minimiza os atritos e evita que os outros reparem a incompatibilidade e façam fofocas.

AMOR E TRABALHO

79- Você e um colega se apaixonaram: Se a empresa não proíbe namoro entre funcionários e vocês são desimpedidos, não vale a pena esconder. Os colegas desconfiam, descobrem e fofocam.

80- Antes de oficializar a relação, comunique o fato à chefia e preserve-se ao máximo.

81- Na firma, evite os apelidos carinhosos e telefonemas melosos. Nada de “fofo”, “lindinha” e “neném”.

82- Bilhetinhos e e-mails amorosos, que possam cair em mãos erradas, também estão fora de cogitação.

83- Não constranja os colegas nem cause falatório criando situações para ficar a sós com seu amado ou sua amada.

84- Cenas de ciúme e bate-boca são péssimas para sua imagem na empresa. Sugerem que você pode ser um funcionário desequilibrado.

85- Se brigar com ela (ele), deixe a cara fechada e a reconciliação para fora da empresa. Seu romance não é novela, para ser acompanhado capítulo a capítulo.

86- Não policie os horários da sua parceira (o) e muito menos crie empecilhos para que ele (ela) almoce com colegas ou superiores sob o argumento “você não liga mais para mim”. Isso pode prejudicar a carreira dele(a).

87- Você e o chefe se apaixonaram: Em muitas empresas, trata-se de amor proibido. Vocês podem tentar escondê-lo por um tempo, mas correm sérios riscos.

88- Do ponto de vista ético, o melhor a fazer é pedir, rapidamente, uma transferência de departamento, já que o romance pode comprometer o trabalho.

89- Se não for possível uma transferência, a saída mais correta é um dos dois pedir demissão.

90- Durante o período de impasse, ajam com absoluta discrição. Os fofoqueiros de plantão adoram comentar sobre situações como essa.

91- Paixão por alguém casado: Em casos assim, trata-se de nitroglicerina pura. Se o romance se tornar público, amor, trabalho e família viram um grande imbróglio e isso é péssimo para a carreira.

92- Se decidir sair de casa, comunique, sem revelar detalhes, a mudança de endereço e o novo telefone para a secretária do setor. E avise seu chefe sobre sua separação.

93- Evite comentar o assunto em voz alta e não transforme seu drama em tema de debate no fumódromo.

94- Se não conseguir disfarçar o sofrimento, invente uma desculpa. Diga que está doente ou que um parente querido morreu recentemente.

95- Procure evitar que seu ex mantenha contato com secretárias e outros funcionários do seu departamento. Se ele(a) estiver furioso e magoado, certamente fará a sua caveira e falará mal de você.

http://jornalhoje.globo.com/ – Ache esta matéria em:
http://jornalhoje.globo.com/JHoje/0,19125,VOI0-3069-888-308739,00.html

Deixe seu comentário






(*)campos obrigatórios.



Informações

Orkut


Últimas Vagas


Parceiros